terça-feira, 7 de julho de 2009

Sondagem - Análise

Então e na altura desta última Queima, andaram ao amor?

9 (16%) Não, sinto-me tão feio/a
5 (9%) Só uns beijitos, conta?
1 (1%) Fiz o filme a tudo o que passava, mas ninguém colou.
9 (16% Fizeram-me o filme, mas cortei tudo, sou inacessível
3 (5%) Claro, mas várias vezes, Queima é Queima!
4 (7%) Sim, e apaixonei-me! Obrigado Queima!
1 (1%) Faz-se mais alguma coisa na Queima?
7 (13%) Não te vi na Queima.
14 (26%) Sou a vizinha do andar de cima, Rui, deves saber bem que fodi que nem uma porca, não ouviste a cama a chiar e os gemidos? (Ouvi sim, sua gorda, não me deixavas dormir!)

Total de votos: 53


Bem, antes de mais tenho a dizer duas coisas:
1 - Esta votação foi quase tão concorrida como as eleições para a presidência do Benfica.
2 - Espero que a vizinha do andar de cima não leia o meu blog.

Sabem o que é bom em tempo de exames? Falar da Queima. Não, pois não? Pois não... Mas por amor à pátria, lá faço o sacrifício, por vocês.
Parece que a Queima já foi à tanto tempo que falar dela parece falar das brincadeiras de criança que tinha num pátio (Adoro a palavra pátio, lembra-me sempre pato. E dá para trocadilhos. Arroz de pátio...? Pronto, cala-te.) no meio de uns prédios perto de minha casa. Para que conste, nesses ditos prédios morava a minha professora primária - é casada, e o marido teve uma trombose, zau, mereceste, pelos castigos que me deste ao longo dos anos. Onde ia? Ah, Queima. Se me faltarem as memórias para basear o meu estudo perdoem-me, mas a minha memória não é de ferro. Muito menos nessa altura.

O que retiro dos resultados desta sondagem é uma conclusão muito simples, nenhum votante andou ao sexo. De seguida apresento a minha teoria:
Hipótese 1: Partindo do princípio que são vocês os primeiros a dizerem que não andaram, e que ainda por cima são feios/as, quem sou eu para duvidar ou, pior, tentar mudar a vossa opinião? Ninguém. Continuem feios e para o ano estarão a votar na mesma opção.
Hipótese2: Só uns beijitos não faz um acto sexual. E aquela vez que apanharam o vosso alvo todo bêbado/a e lhe sacaram um beijo não devia contar, mas como sou apologista dessas coisas - e a Queima também - dou-vos crédito por isso.
Hipótese 3: Um votante, apenas. Coitado. Ao menos és sincero (não quero imaginar uma votante feminina nesta hipótese). Então andaste lá na pesca furtiva e nem um robalo levaste para o jantar? Mas admiro a atitude, o pensamento é que mais cedo ou mais tarde alguma coisa cairá na rede. Eu acredito em ti!
Hipótese 4: Pfff, mas que grande mentira. Com que então muito cobiçados, hein? Lá por alguém meter paleio convosco não quer dizer que vos quer comer. Lá por alguém vos oferecer uma bebida não quer dizer que vos quer comer. Lá por alguém vos meter a mão na cintura não quer dizer que vos quer comer. Lá por alguém atacar os vossos lábios e desatar a tentar meter a mão em tudo que é sítio não quer dizer que vos quer comer. Pronto, quer. Mas não comeu - sou inacessível, dizem vocês. Logo não andaram ao sexo. Mas o ponto importante desta hipótese é que: vocês acham que demasiada gente vos quer comer, quando as pessoas na Queima querem é confraternizar, o sexo é a última coisa em que se pensa nessas alturas. *irony mode off*
Hipótese 5: Mentirosos outra vez. Dos 3 votantes, talvez um o tenha realmente feito, mas é pouco provável. A votação era para dizerem o que fizeram, não para descarregarem utopias. Bem sei que o blog já se chamou Utopic Nights (tão gay, valha-me deus), mas já passou a Noites Difíceis, acho que pode estar de algum modo ligado à vossa prestação na Queima. Vale a coragem. Se votaram de consciência tranquila, cumpriram com a tradição, e isso é um orgulho para a comunidade académica.
Hipótese 6: Faz-se: bebe-se e anda-se a rebolar pelo chão do recinto. Embora possas beber enquanto andas ao sexo. E rebolar, também. E no chão do recinto, também. Nunca experimentei - nenhuma delas. Mas a mim não me enganas tu, seu votante toleco, que vens para aqui dizer que não fazes mais nada na Queima a não ser afogar o ganso. Repara: a Queima durou mais de uma semana, e por Queima entende-se todo o período de 24 horas diário, desde a serenata até ao encerramento. Ora o que afirmaste foi que não fizeste mais nada na Queima a não ser isso. Acho fisicamente impossível. O corpo humano não aguenta mais de 3 dias sem água, percebes? A não ser que sejas o gajo daquele programa do Discovery Channel, o Ultimate Survival, que come tudo que lhe aparece à frente e anda por sítios que não lembram a ninguém (um bocado à semelhança de todos nós, na Queima).
Hipótese 7: Oh, não digam isso que fico de coração partido. Eu estive à vista de todo o mundo, sempre muito feliz e pronto a receber o abraço caloroso de quem me lê. Aliás, ainda falaram comigo sobre o blog umas vezes, mas não rolou nada. A maior parte das vezes por terem sido gajos a fazê-lo. Sortes. Mas não desistam, por favor (não estou a falar para os gajos, obviamente).
Hipótese 8: Com que então um T3 e vivem 14 pessoas aí em cima? Pois bem me parecia que a barulheira que se ouve quase todos os dias não é por acaso. Ou então a gorda é tão gorda que vale por 14. E vale mesmo. Esta última hipótese é a excepção que confirma a regra. Esta sei bem que andou ao sexo. Aliás, esta não andou ao sexo, esta fodeu e fodeu bem. Foda-se, é triste chegar a casa bêbado, querer dormir a todo custo na nossa cama (que é a melhor coisa do mundo, quando se chega da noite) e haver algo que nos impede. Algo barulhento. Algo que chia. Que geme. Que grita. Que... dá lapadas. Com força. (a certa altura estive para chamar a polícia, pensei que pudesse estar a ser espancada, coitada) E o Rui que vos ature as diabruras. Que vos ature 3 vezes numa semana! (O que é grave, porque é a prova de que quem lá foi gostou - acho impossível. Podem ter sido também três clientes diferentes - mais possível. E provável.) E depois não se queixem do mau humor do dia seguinte, se me virem com olheiras não me perguntem o porquê - fodam menos!. É que foi o ano todo num silêncio total, chega-se à Queima e é o desabrochar (Gostaram da palavra desabrochar? Está mesmo adequeada à situação. Eu acho. Quer dizer, suponho.) da loucura. É isto que eu admiro nestas épocas, lá se vai o pudor, os princípios e que venha tudo que envolva o açambarcar de uma boa pila. Que o digam vocês, 14 pessoas do andar de cima, certo?

3 comentários:

Palavras disse...

Quanto à vizinha do andar de cima...faz o que eu faço o ano todo...vassouradas no tecto!!:p Ao menos na queima o gajo parou um bocadinho! E resolveu comprar uma cama nova!

heidi disse...

LOOOOOL

nada como um bom arroz de pátio...eheh

isso ...e chegar aqui ao (ex) Utopic Nights (tão gay, valha-me deus)ahahah e ler um texto que começa na queima, passa pelo benfica e pelo 14 em 1 da tua vizinha e acabam no açambarcar de uma boa pila...

medooooooo

LOL

Rui disse...

- Não há vassoura (nem outro qualquer utensílio de limpeza) em minha casa :D

- Ahah, ficou um bom mix, ficou.