terça-feira, 1 de dezembro de 2009

MUSE!

Só para vos causar inveja, fui ver Muse, ao Pavilhão Atlântico, e foi - permitam-me que abrevie a descrição - indescritível!
Para continuar a inveja, estava na frente, ao centro, da plateia, a uns 10 metros de distância do super Matt.
E sim, eu fui um entre aquelas centenas de pobres coitados que apanharam chuvada atrás de chuvada durante o fim de tarde, enquanto esperavam em filas desordenadas pela abertura das portas.

Pontos altos: A entrada, a New Born, United States of Eurasia (que se transforma, ao vivo, claramente), Stockholm Syndrome e o fecho, com a inevitável Knights of Cydonia.
Faltou a Bliss, Butterflies and Hurricanes e a Cave, entre outras que não tinha sequer esperança que tocassem.

De resto, 'See you all next year, Portugal!'


Para quem quiser ver a intro do concerto, que foi fenomenal, está aqui.

PS: O vídeo não foi gravado por mim. Com tanto gajo suado, musculado e exaltado à minha volta, se sacasse o telemóvel do bolso ainda acabava na cabeça do Matt.

5 comentários:

Miguel Costa disse...

eu também estive lá e eles tocaram a time! :D

Rui disse...

My bad, tens razão lol. Por falar nessa, uns gajos lá à minha beira estavam a dizer q o gajo parecia ter improvisado o refrão, tipo:
"our time is running out,
can push it on the lisbon ground",
eu disse-lhes para meterem mais tabaco... lol.

Palavras disse...

Foi muito bom sim! Com tanta gente que lá estava, e sabendo que havi lá gente desde as 6 da manhã, deves ter apanhado mesmo muita chuvinha. Já eu cheguei à hora de ver o fim da banda de abertura!:p

Rui disse...

Eu passei la as 23h de Sábado, e estavam já dois grupos acampados nas portas, fiquei estúpido.
Perdeste a abertura deles, também foi porreira, quase mandavam o Pavilhão Abaixo :|

Palavras disse...

Não, eu cheguei estava a banda de abertura a acabar. De Muse vi tudo! A abertura foi brutalíssima. New Born também foi muito bom! E Feeling Good aqueceu qualquer um! :p